Home Esportes Olimpíadas de Paris: o que saber, quem assistir durante o basquete 3X3

Olimpíadas de Paris: o que saber, quem assistir durante o basquete 3X3

16
0

Os atletas de basquete 3×3 Canyon Barry, Jimmer Fredette e Kareem Maddox falam durante o Team USA Media Summit no Marriott Marquis Hotel em 17 de abril de 2024 na cidade de Nova York. Imagens de Dustin Satloff/Getty para USOPC/AFP

Um roteiro a seguir para a competição de basquete 3X3 durante os Jogos de Paris:

Atletas para assistir

—Jimmer Fredette, Estados Unidos: Fredette, de 35 anos, que se tornou uma estrela na BYU e foi a décima escolha geral no draft da NBA de 2011, é a manchete da equipe masculina americana. Ele começou a jogar 3X3 em 2022 e foi nomeado Atleta Masculino do Ano de Basquete dos EUA em 2023.

—Canyon Barry, Estados Unidos: O filho do Hall da Fama Rick Berry jogou colegialmente no College of Charleston e na Flórida. Ele foi o Academic All-American of the Year de 2017 e possui bacharelado em física e mestrado em engenharia nuclear. Ele é conhecido por seus arremessos de lance livre pouco ortodoxos, que o ajudaram a arremessar 88,3% da linha quando estava no último ano.

LEIA: Duncan Robinson também está de olho no evento 3×3 nas Olimpíadas de Paris

—Strahinja Stojacic, Sérvia: Stojacic começou a jogar 3X3 em tempo integral em 2018 e foi classificado como o melhor jogador do mundo na maior parte das últimas duas temporadas. Filho de um jogador profissional de basquete, Stojacic é conhecido por suas enterradas épicas e é apelidado de “Doutor Estranho”.

—Cameron Brink, Estados Unidos: Embora a seleção feminina não tenha sido anunciada, Brink é uma das principais candidatas ao time. Depois de levar os Estados Unidos à medalha de ouro, ela foi nomeada MVP da Copa do Mundo Feminina Fiba 3X3 de 2023. Ela ganhou um campeonato nacional em Stanford em 2021 e foi selecionada em segundo lugar geral pelo Los Angeles Sparks no draft da WNBA deste ano.

—Hailey Van Lith, Estados Unidos: Van Lith é outro candidato ao elenco dos EUA depois de também ajudar o time a ganhar o ouro na Copa do Mundo Fiba de 2023. Van Lith, que joga no TCU, foi nomeado MVP da Copa do Mundo Sub-18 3X3 da Fiba 2019 após levar o time à medalha de ouro.

LEIA: Mulheres dos EUA conquistam primeiro ouro olímpico no basquete 3×3; Letônia conquista título masculino

Histórias para seguir

—A seleção masculina dos EUA disputará o evento pela primeira vez após não conseguir se classificar na disputa inaugural em Tóquio. A adição de Fredette elevou a equipe aos candidatos à medalha de ouro desta vez, depois que os EUA ganharam a prata na Copa do Mundo da Fiba de 2023 e o ouro na Fiba AmeriCup de 2022 em Miami e nos Jogos Pan-Americanos de 2023 em Santiago.

—Apenas um membro da seleção feminina dos EUA, que conquistou o ouro em Tóquio, tem chance de defender o título sob as novas regras de elegibilidade para as Olimpíadas. Os membros da equipe e estrelas da WNBA Kelsey Plum, Stefanie Dolson e Jackie Young não podem competir porque nenhum deles está classificado entre os 10 primeiros nos EUA. Allisha Gray é o único membro da equipe na disputa por uma vaga em Paris.

—A Sérvia está classificada em primeiro lugar no mundo e espera-se que lute com os Estados Unidos pelo ouro depois de ganhar o bronze em Tóquio. Liderada por Stojacic, a Sérvia venceu a seleção dos EUA por 21 a 19 para vencer a última Copa do Mundo.

Datas importantes

O jogo de sinuca acontece de 30 de julho a agosto. 4. As semifinais e jogos de medalhas serão no dia 5 de agosto.

Campeões reinantes
Mulheres: Estados Unidos.


Não foi possível salvar sua assinatura. Por favor, tente novamente.


Sua assinatura foi bem-sucedida.

Homens: Letónia.



fonte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here